Força, Jão...

Postado por Cláudio Márcio | | Posted On quinta-feira, 10 de outubro de 2013 at 19:58

             No mês de setembro, a comunidade IPU sofreu um grande perda. De fato, a ausência da presbítera Ithamar Bueno Dias de Araújo (esposa do Rev. João Dias), foi (é) sentida por cada um de nós. Sim, Ithamar tornou-se para nós um símbolo de comprometimento com Deus, com a família e com a vida... Uma mulher forte, inteligente e, pronta à espiritualidade do serviço e da acolhida.
            De quantas vidas ela cuidou? Quantos conselhos ela deu? Quantos pães ela partiu? Quantos olhos ela ensinou a ler-escrever? Quantas preces? Não se pode contar! As questões aqui sinalizam o quanto ela compreendeu e ajudou a João Dias no construto de: "não só a alma do mal salvar/ também o corpo ressuscitar".
            No seu sepultamento (na IPB que já foi IPU), a presença do PSVD (Presbitério do Salvador) e algumas igrejas que o compõem, assim como da Comunidade de Jesus em Feira de Santana, estudantes e reitor do STBNe (Seminário Teológico Batista do Nordeste), professores da UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana) e outr@s, foram de perto oferecer um abraço ao nosso querido João Dias que após 60 anos de casados, sofre a ausência de sua amada.
            Rememoro neste momento dona Ithamar falando para mim e Jussi: "Eu e João gostamos muito de vocês!" Sim, para nós foi (é) um presente de Deus ter encontrado este casal no caminho... Sentimos o abraço de Deus através dessas mãos.
            Desta maneira, de forma simples e carinhosa, louvo a Deus pela vida de Ithamar e, em minhas preces apresento meu amigo-pastor-tutor João Dias... Que o mesmo Deus que enfrentou tantas lutas ao teu lado, agora chore contigo. Contudo parceiro, na medida do possível, lembre-se da canção do Lenine quando diz: "a vida não para/ a vida é tão rara".
            Um abraço solidário de quem muito te quer bem,

Cláudio Márcio

CESE: UM DESAFIO BOM!

Postado por Cláudio Márcio | | Posted On quarta-feira, 9 de outubro de 2013 at 20:11

Estava já com saudade de escrever neste locus de desabafo-desafio, mas, o TCC não estava permitindo... Agora sim, estou de volta! Entretanto, muita coisa aconteceu e, em um exercício mínimo de rememorar, abalizo inicialmente a vida-vinda da Reverenda Sônia Mota para o Brasil, a Bahia e, especificamente, para a CESE.
            Sim, que bom que você retornou, uma vez que, percebe-se o quanto seu desejo de diálogo e do exercício da espiritualidade diaconal é autêntico através de suas práticas. Sim, Sônia é teóloga cristã da IPU e nos alegra muito seu comprometimento com o Reino de Deus, com a justiça, com a vida.
            Lembre-se que estaremos aqui te acompanhando (também) com orações... O Presbitério do Salvador (PSVD), a IPU em Muritiba-Ba, agradece ao Senhor por te conceder esta nova fase da caminhada. Seja uma benção! Essa é nossa oração-desejo!
            Que esta polifonia toda encontrada na CESE entre o singular e o plural, permita a nossa querida IPU uma abertura muito maior de alteridade, pois, a humanidade, a espiritualidade extrapola o paradigma cristão e, que a mesa da fraternidade dos diferentes seja sempre intensificada em nosso cotidiano.
            Assim, para além de uma liderança da IPU ecumênica e solidária, suplico ao camarada Jesus de Nazaré que cada eclesian@ de nossas comunidades queiram ser um. Amém!
Um forte abraço e vá na fé-festa
Cláudio Márcio