BAIANÃO ECUMÊNICO: o novo sempre vem...

Postado por Cláudio Márcio | | Posted On terça-feira, 21 de novembro de 2017 at 15:19

“Eis que farei coisa nova, que já desponta” (IS 43. 19)
Por: Cláudio Márcio[1]
Participar do 1º BAIANÃO ECUMÊNICO[2], 06 a 08 de outubro de 2017, foi uma experiência bastante significativa. O evento, organizado pelo Conselho Ecumênico Baiano de Igrejas Cristãs (CEBIC), buscou fomentar o diálogo contra a intolerância religiosa bem como fortalecer a convivência com o diferente, ou seja, garantir o direito à diversidade.
Como jovem reverendo da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil (IPU) tenho muito a apreender. Livros, vivências e paradigmas dentro e fora da IPU sinalizam, como bem sugere o documentário produzido pela Faculdade Unida de Vitória-ES, O SONHO ECUMÊNICO baseado em desafios para se construir pontes em detrimento de muros segregacionais.
Sim, ainda tenho utopias! Aqui no território do Recôncavo da Bahia busco essa mesa da fraternidade e da dignidade humana. Penso que é urgente combinar fé-ação em favor da vida em sua multiplicidade. Suspeito ainda, que há inúmeras narrativas ocultas (a CEBIC) é uma delas, que precisam brotar com força no cenário religioso baiano como uma perspectiva contra-hegemônica, isto é, capaz de promover nesta polifonia, uma voz justa, coerente, equânime e libertadora.
            Sei que existem os contrários ao ecumenismo. Mas hoje eu os pergunto: o que leram sobre tal tema? Qual experiência de alteridade religiosa foi vivenciada por esses sujeitos sociais? Na realidade, penso que muitos vivem espiritualidades deslocadas da realidade social, logo, preferem discutir o “sexo dos anjos” e ou responder questões que nunca foram feitas, pois, a ninguém interessam.
            Entretanto, a espiritualidade dialogal do CEBIC se propõe a “colocar o ouvido na boca do povo”, assim, testemunho com alegria e sentindo-me desafiado por todo encontro do Baianão Ecumênico. Aqueles e aquelas que investiram seu tempo e talentos para realização do evento, muito obrigado. Sigamos na jornada!
           




[1]  Reverendo da IPU de Muritiba-BA.
[2] Casa de Retiro Dom Amando, Av. Aliomar Baleeiro, Km 6,5, Bairro Nova Brasília, Salvador – BA.